cuidados&sugestões

identificação completa

A identificação dos intervenientes deve ser o mais completa possivel (nome, morada, contacto, documento identificativo, viatura envolvida, apólice).

descrição exacta

Deve ser referido o local exacto do acidente, bem como os pormenores que ocorreu o mesmo.

declaração sem erros

Deve-se evitar rasurar a declaração. A mesma deve ser enviada ou entregue o mais clara e limpa possível.

testemunhas

Em caso de testemunhas, deve-se identificar as mesmas (nome, morada, contacto telefónico). As testemunhas são uma mais valia para o processo.

documentos&exemplos

declaração amigável

Download Declaração Amigável

como preencher?

Download Exemplo Declaração Amigável

COMO POSSO PARTICIPAR O MEU ACIDENTE?

Para participar o seu acidente, poderá fazê-lo de várias formas.


Para qualquer das situações, aconselhamos que junte toda a documentação sobre o acidente (DAAA, fotografias, auto da polícia, entre outros, caso existam).


CORREIO:

Rua Dr. António José Almeida, n.º 69 Loja A
3070-399 MIRA (COIMBRA)


FAX:

(+351) 231 400 041


E-MAIL (PREFERENCIAL):

sinistros@globurem.pt


No seguimento deste contacto será de imediato iniciado o processo de regularização de sinistro.

 

Em qualquer circunstância deverá enviar-nos, o original da DAAA (Declaração Amigável de Acidente Automóvel), para a morada acima indicada.

COMO PROCEDER EM CASO DE SINISTRO?

Em caso de acidente, deve preencher a Declaração Amigável de Acidente Automóvel (DAAA), impresso uniforme estabelecido pelo Instituto de Seguros de Portugal e disponível gratuitamente em qualquer seguradora.


SÓ RESULTARAM DANOS MATERIAIS?


Procure preencher a DAAA, conjuntamente com o outro interveniente, da forma mais completa possível e de acordo com a informação disponível, assinando a mesma.


O impresso tem informação essencial, nomeadamente:

-  Identificação completa de ambos os intervenientes e dos respectivos veículos (incluindo formas de contacto rápido como telemóvel ou e-mail);


-  Identificação das seguradoras e números de apólice que garantem os veículos intervenientes;


-  Identificação de testemunhas;


-  Indicação das circunstâncias em que ocorre o sinistro.

 

O preenchimento da DAAA não impede que sejam chamadas as autoridades ao local do acidente, nem obriga que os intervenientes tomem posição sobre quem recai a responsabilidade pela produção do acidente.

 


TAMBÉM RESULTARAM FERIDOS?


Para além do procedimento anteriormente descrito, deverá solicitar a presença das autoridades policiais no local para a elaboração do respectivo auto de ocorrência.


É igualmente aconselhável a identificação imediata de testemunhas e, se tal for possível, fotos do local com os veículos na posição final após o sinistro.

Desenvolvido por: Fueldesign
Mais infomações